Pular para o conteúdo principal

Fundamentos são importantes

Nós adoramos tratar dos assuntos mais elementares por aqui e quando este tweet de Tuur Demeester passou pelo meu TweetDeck ontem eu pensei que seria um tópico interessante para tocar esta manhã. Então aqui estamos nós.

Em um mundo que se encontra em meio a um ponto de inflexão histórico de mudança de paradigma baseado na inovação tecnológica e nos ganhos de produtividade proporcionados pela Internet e pelas ferramentas que ela possibilita, é fácil se perder neste mar de mudanças que ocorrem de forma super acelerada. As coisas estão mudando a uma velocidade que nossos cérebros de macacos nunca experimentaram em nenhum momento da história humana. Atingimos grande velocidade, indo de um mundo bastante desconectado em que o acesso à informação e certos canais de comunicação eram luxos concedidos a pessoas no poder para um mundo hiper conectado que permite que bilhões de pessoas se conectem, interajam e conduzam o comércio com incrível facilidade relativa, a um preço extremamente acessível.

Essa mudança nos afetou de maneira tão profunda que parece, pelo menos para mim, que nos encontramos em um estado muito confuso. Tentando descrever algo que se desdobra de uma maneira que nenhum homem ou mulher jamais poderia articular coerentemente. Alguns estão se tornando tão confusos que acham que essa mudança e nova tecnologia apresentam uma oportunidade de reescrever/reestruturar milênios de efeitos compostos criados pela evolução social ancorada em torno de certas leis naturais e éticas que historicamente construímos através de um consenso para que nossas sociedades mantenham a escalabilidade social. Creio que é da maior importância que compreendamos a história da humanidade, a conversa em torno da lei natural e da ética que vem evoluindo desde a época de Sócrates. Pode-se aprender muito com as lições de nossos antecessores e com a conversa em andamento que nos levou a esse ponto.

Princípios cristalizados como o direito à propriedade privada, o conceito de "fazer aos outros o que gostaria que fizessem a você", liberdade de movimento e pensamento, e a importância do triunfo do mérito e da lógica sobre o sentimento e a força nos permitiu chegar a este ponto como uma espécie aleatória neste grão de areia flutuando no universo aberto (isso se o espaço for real). Como o ritmo da mudança continua parabólico, é importante que nós tentemos injetar esses princípios chatos nas tecnologias que construímos e usamos.

Extrapolando isso para o Bitcoin (você tinha que saber que eu estava trazendo para cá), eu acredito que a certeza de que um dia chegaremos a um ponto de cristalização relativa, servindo uma função muito específica com a menor mudança possível, é algo que nós devemos buscar (e estamos) se esforçando para. Isso nos dará a melhor chance de escalar esse sistema para as massas, porque ele fornece a maior certeza. Em vez de se concentrar em adicionar os mais recentes sinos e assobios, Bitcoin está empenhado em fornecer um serviço com certos níveis de garantias no que diz respeito à segurança e privacidade que são suficientes para um dinheiro digital nativo escalável.

Texto traduzido da newsletter # 443 do Marty Ƀent